5 ANIMES BASEADOS EM GAMES QUE SERÃO INCLUSOS NO NETFLIX

Animes e Mangás | Por Alberto Filho | Em 03/06/2015

A Netflix sempre está em destaque por trazer séries estupendas e também filmes notáveis, mas ela também tem seu cantinho no mundo dos animes e pra provar que ela não brinca em serviço, a Netflix irá incluir 5 animes baseados em games que todo Gamer tem o dever de assistir!


5 ANIMES BASEADOS EM GAMES QUE SERÃO INCLUSOS NO NETFLIX

Que a Netflix tem um arsenal robusto de séries e filmes, o que faz com que ela seja a queridinha do povo, todo mundo já sabe, mas o que pouca gente sabe é que a Netflix também investe (e muito bem) em séries animadas japonesas, o famosaço Anime! Depois de alguns títulos dignos de louvor como Sword Art Online, Naruto, Cavaleiros do Zodíaco, Bleach, Fate Zero, Hunter x Hunter e Death Note, a Netflix agora almeja alcançar um público-alvo maior: os gamers! E que melhor maneira de fazer isso, se não incluir 5 animes baseados em games (famossísimos diga-se de passagem) em suas listas de reprodução tão rica? Quer saber quais são? Confira abaixo!


1 - Street Fighter II: Victory


Uma das franquias mais famosas dos games de luta, além de ter filme (que eu sei que todo mundo que conhece a Chun-li, assistiu só pra ver os peitinhos dela aparecendo na luta contra o Vega) em versão anime, também tem um anime oficial! E um fato que é nostálgico sobre esse anime é: Ele passou no SBT! E com certeza muita gente assistiu, ainda mais que o game estava em sua fase bombástica do SNES e outros consoles.

Street Fighter II: Victory é um anime baseado no jogo Street Fighter 2. Dirigido por Gisaburo Sugii, a série foi exibida pela primeira vez no Japão em 1995, de 10 de abril à 27 de novembro. No Brasil, a série foi exibida pelo canal SBT durante a década de 1990 e no começo dos anos 2000, pelo Cartoon Network. A série é uma adaptação do jogo Street Fighter 2, tendo criado várias liberdades com a história e os personagens do jogo. A série segue as aventuras dos jovens Ryu e Ken, eles percorrem vários lugares do mundo para melhorar suas habilidades das artes marciais depois que ambos enfrentaram uma humilhante derrota para Guile (e falando nisso, que bela porrada o Ryu levou né?)


2 - Devil May Cry


Quem teve um PS2 ou quem tinha um primo ou amiguinho que tinha este console maravilhoso, com certeza vai lembrar de um dos jogos que fizeram mais sucesso na época com gráficos e jogabilidade totalmente inusitados e viciantes: Devil May Cry! O anime não é novo, mas muita gente não tem conhecimento que a franquia possui um anime contando a história do Caçador de Demônios (badass) Dante e a sanguinária Rebellion.

O anime é baseado no jogo Devil May Cry criado originalmente pela Capcom. Foi produzido pela WOWOW TV Network no Japão e teve sua estréia no dia 14 de Junho de 2007 com um total de 12 episódios.Foi produzido no estúdio de animação Madhouse e foi dirigido por Shin Itagaki. Bingo Morihashi, um dos escritores do segundo, terceiro e quarto jogos também participou da criação do desenho. Depois de sua estréia no Japão em 14 de Junho de 2007, no dia 5 de Dezembro do mesmo ano, a ADV anunciou o lançamento do anime na versão inglesa, que foi o ar no dia 5 de Fevereiro de 2008.4 Há intenção por parte da produtora da série produzir outras 2 temporadas. A série cria uma ponte entre o primeiro e quarto jogo de Devil May Cry, e marca o retorno de personagens como Trish e Lady.


3 - Bayonetta: Bloody Fate


Bayonetta é um jogo de ação e de bruxaria sem fim, quem já jogou este jogo provavelmente pode ter se apaixonado pela protagonista usando suas roupas colantes e metendo bala e espadadas em tudo quanto é demônio e anjo pela frente. Em seu primeiro jogo conta a história de Bayonetta, uma bruxa caçadora de Demônios e Anjos que quando entra em ação, só planta caosdiscórdia sem borrar a maquiagem! Foi um dos primeiros jogos a lá Devil May Cry que mostra que as mulheres também podem ser totalmente destruidoras e dignas de serem fodas em batalha! Além disso é um dos poucos jogos que já conseguiram a nota máxima (40/40) na conceituada revista japonesa Famitsu (além disso, foi só eu que fiquei totalmente decepcionado por Bayonetta 2 ter sido lançado só pra WiiU?).

O anime conta a história de Bayonetta, uma bruxa que foi revivida há vinte anos atrás, e não tem memórias sobre seu passado. Possuindo uma metade do “Eyes of the World” (Olhos do Mundo), Bayonetta sai em busca de Vigrid quando Enzo a informa sobre rumores de que a outra metade dos “olhos do mundo” está lá. Após um confronto com outra bruxa chamada Jeanne, e também um jovem chamado Luka; que aparentemente tem relação com o passado de Bayonetta, e que a culpa pela morte de seu pai.


4 - Diabolik Lovers


Diabolik Lovers é uma franquia de 4 jogos lançado para PSP e PSVITA e que conquistou o mundo com seu gênero romance, drama e mistério. No jogo você interpreta a jovem Komori Yui que pode escolher uma variedade de de personagens masculinos como seu interesse amoroso.

O anime conta a história de Komori Yui, uma garota com pensamentos positivos que, no entanto, está preocupada por ver espíritos e experimentar fenômenos como poltergeist. Em seu segundo ano na escola, ela se transfere para uma nova escola à noite para artistas e celebridades, devido ao trabalho de seu pai. Há rumores de que vampiros existem entre o corpo discente, e Yui acaba vivendo com os seis sádicos irmãos vampiros Sakamaki. A primeira temporada tem 13 episódios e ganhou uma nova temporada recentemente.


5 - Ghost Hound


Ghost Hound na verdade não foi na sequência "Game primeiro, anime depois", o anime foi lançado em meados do ano de 2007 e só em julho de 2008 que foi lançado o game Ghost Hound para Nintendo DSAnime com temática sobrenatural e com 22 episódios e escrito pelo renomado Masamune Shirow (de Ghost in the Shell).

Fantasmas e ocorrências paranormais aparecem no mundo real,se espalhando pela pequena cidade de Suiten. Três garotos do ensino médio, Tarō, Makoto e Masayuki,ambos tendo tido experiências traumáticas na infância, acompanham as estranhas ocorrências em Suiten. Juntos, investigam os acontecimentos paranormais, entrando no mundo espiritual, o que não é visto, conhecido como Kakuriyo, por mais que nenhum humano deveria ser capaz de fazê-lo. 


Os animes não tem data de estréia no serviço, e segundo o Nelson Sato (presidente da Sato Company, e que tem os direitos de distribuição dos animes aqui no Brasil), os animes podem não vir dublados, pois “os valores negociados muitas vezes não custeiam o investimento de versões brasileiras e o material com áudio original e legendas é bem aceito pela maior parte dos fãs.”. Ou seja: bem provável de alguns deles virem apenas com legendas em português (eu particularmente acho bem melhor assim hehe).



Eaí? Gostou do que a Netflix está fazendo para o público gamer? Então Curta e Compartilhe!